• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • "Trabalho Infantil Não é Folia" - MPT reforça campanha contra trabalho infantil no Carnaval
  • Apoie a campanha, Trabalho Infantil Não é Folia, Proteja Crianças e Adolescentes. O Ministério Público do Trabalho (MPT), em parceria com a Associação de Ex-Conselheiros e Conselheiros da Infância (AECCI), reforça a campanha #Chegadetrabalhoinfantil.
  • Campanha do MPT alerta contra o trabalho escravo no Brasil
  • Confira no canal MPT TV no youtube a posse do procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, Carlos Eduardo de Azevedo Lima na Fundação Casa de José Américo, na capital
  • A campanha “Trabalho Infantil: Se você cala, não para”, do Ministério Público do Trabalho (combate ao trabalho infantil) ganhou 10 prêmios no Prêmio Pernambuco de Propaganda, entre eles, quatro de ‘ouro’ e o troféu de Grand Prix da Publicidade.
  • Diga não a exploração infantil #ChegaDeTrabalhoInfantil Disque 100
  • O Ministério Púbico do Trabalho (MPT) lançou a campanha de conscientização para incentivar a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A campanha foi criada por ocasião do Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro, conhecido também como “Dia D” – e é composta por imagens e vídeos para difusão em redes sociais pelas unidades do MPT de todo o país.
  • NR's em cordel
  • O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) divulgou nessa quarta-feira (4/10) o edital contendo o regulamento regional do Prêmio MPT na Escola 2017, que premiará os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos pelos alunos de escolas participantes do projeto no Estado.
  • O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai oferecer o curso gratuito para capacitar conselheiros tutelares e outras pessoas que integram a rede de proteção à infância em todo o País, as incrições iniciam em outubro
  • O Ministério Público do Trabalho apoia a igualdade para todos
  • O procurador Carlos Eduardo de Azevedo Lima tomou posse na tarde desta segunda-feira (2/10), em Brasília (DF), como novo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB). A solenidade de posse dos novos procuradores-chefes das 24 Procuradorias Regionais do Trabalho aconteceu na sede da Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), na Capital Federal.

"Trabalho Infantil Não é Folia" - MPT reforça campanha contra trabalho infantil no Carnaval

Cantora e embaixadora do Unicef, Daniela Mercury, veste camisa e apoia iniciativa

 

09/02/2018 - O Ministério Público do Trabalho intensificou a campanha #Chegadetrabalhoinfantil, no período do Carnaval, com o slogan "Trabalho Infantil Não é Folia". O objetivo é alertar os foliões, blocos e a sociedade em geral para a situação de crianças e adolescentes que trabalham invisíveis e desprotegidos no cenário de fantasias, alegria e confetes, com seus direitos fundamentais violados.

A campanha tem abrangência nacional e as peças estão disponíveis para download nos sites do MPT (www.mpt.mp.br), AECCI (http://www.aecci.org.br) e Chega de Trabalho Infantil (http://www.chegadetrabalhoinfantil.com.br). Podem ser utilizadas por quaisquer órgãos, instituições ou pessoas interessadas em divulgar, apoiar e/ou replicar nos seus estados e municípios.

 

 

A divulgação também ocorre nas redes sociais, com o apoio de artistas, blocos, entidades, organizações e público em geral, através do compartilhamento de informações sobre o trabalho infantil, orientações sobre denúncias e atribuições dos órgãos da rede de proteção da criança e do adolescente.

Umas das artistas que aderiu recentemente à iniciativa foi a cantora e embaixadora do Unicef, Daniela Mercury. Ele vestiu a camisa da campanha #Chegadetrabalhoinfantil e postou uma foto em sua página do Facebook, fazendo um alerta.

“Carnaval é festa, folia e muito trabalho! Milhares de pessoas estão dando duro para fazer a nossa festa cada dia mais bonita. Por isso, dou aqui meu recado: respeitem e cuidem dos responsáveis por essa festa. Vendedores, cordeiros, cantores, músicos, técnicos, produtores, ambulantes, catadores de latinha, seguranças, policiais e tantas outras funções ocupadas por homens e mulheres nos dias de festa merecem nosso respeito. Mas trabalho na folia é lugar de adultos”, alertou a cantora, em sua rede social.

Daniela Mercury acrescentou que crianças e adolescentes não podem ficar expostos aos riscos do trabalho irregular. “E é nossa função fiscalizar e denunciar. Crianças não devem dormir na rua, no meio da folia, não devem catar latas, não devem vender produtos. Denuncie! Disque 100. #Chegadetrabalhoinfantil. Trabalho infantil não é folia, é assunto sério”, diz a mensagem postada pela cantora, em seu perfil do Facebook.

Denúncias

Quem flagrar casos de exploração do trabalho infantil, denuncie pelo Disque 100 nacional, que encaminha as denúncias para os órgãos de defesa e proteção (MPT, Conselhos Tutelares, Delegacias Especializadas).

Também é possível denunciar no site do MPT (www.prt13.mpt.mp.br) ou através do aplicativo MPT Pardal, gratuito e disponível para Android e IOS. É importante que as denúncias contenham o máximo de informações.

 

 

Fonte: Ascom/MPT

 

(83) 3612-3119

 

Siga no Facebook:
@mptpb
@foccopb

 

Site:

FOCCO
http://www.foccopb.gov.br/

 

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • bunner yt ok
  • Portal de Direitos Coletivos
  • nr