• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • MPs recomendam exigência de comprovante de vacina nos Centros Especializados de Reabilitação
  • Confira o passo a passo de como fazer uma denúncia ao MPT.
  • ACESSE AQUI O SERVIÇO
  • Acesse o MPTTV - Paraíba
  • Confira aqui a atuação do MPT-PB na pandemia do novo Coronavírus
  • Acompanhe aqui as notas técnicas e recomendações do MPT

MPs recomendam exigência de comprovante de vacina nos Centros Especializados de Reabilitação

14/01/2022 - O Ministério Público da Paraíba (MPPB), o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) expediram a Recomendação Conjunta nº 01/2022 aos chefes do Poder Executivo dos Municípios de João Pessoa e Campina Grande para que estabeleçam, por decreto ou disciplinamento interno, conforme a natureza da entidade, a exigência do comprovante de vacinação das pessoas maiores de 18 anos como requisito para ingresso e permanência nos Centros Especializados de Reabilitação (CERs). A mesma medida foi recomendada às direções do Instituto dos Cegos da Paraíba.

Conforme a recomendação, a falta de exigência do comprovante de vacinação em Centros Especializados de Reabilitação ameaça população notoriamente sensível à infecção pelo novo coronavírus, e também coloca em risco a vida e a segurança dos trabalhadores e servidores públicos desses locais, que estão continuamente expostos ao contato com os usuários e seus familiares.

 

No documento, os membros dos três ramos do MP destacam que o governo do Estado já exige, conforme Decreto n. 41.979/2021, atualizado pelo Decreto n. 42.211/2022, a apresentação do comprovante de vacinação para que pessoas ingressem e permaneçam em bares, restaurantes, casas de shows, boates e estabelecimentos congêneres, em teatros, cinemas, nos eventos sociais, corporativos e esportivos em todo o território estadual, bem como nas repartições públicas estaduais do Poder Executivo (o que inclui os CERs), desde que a imunização já tenha sido disponibilizada para a faixa etária correspondente.

 

Os MPs alertam que o surgimento da nova variante denominada Ômicron, classificada como “variante de preocupação” pela Organização Mundial de Saúde, pode significar o aumento da transmissibilidade ou alteração prejudicial na epidemiologia da covid-19, da virulência ou mudança na apresentação clínica da doença; ou a diminuição da eficácia das medidas sociais e de saúde pública disponíveis.

Além disso, é destacado que o Centro Especializado em Reabilitação é um ponto de atenção ambulatorial especializada e eletiva em reabilitação que realiza diagnóstico, tratamento, concessão, adaptação e manutenção de tecnologia assistiva, constituindo-se em referência para a rede de atenção à saúde no território.

 

Com Ascom MPPB

 

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • bunner yt ok
  • Portal de Direitos Coletivos
  • nr